PERGUNTAS / RESPOSTAS

VOTO ANTECIPADO NO ESTRANGEIRO

Cidadãos eleitores recenseados na Região Autónoma dos Açores e que estão deslocados no estrangeiro no dia da eleição.

QUEM PODE VOTAR ANTECIPADAMENTE ESTANDO DESLOCADO NO ESTRANGEIRO?

• Militares, agentes militarizados e civis integrados em operações de manutenção de paz, cooperação técnico-militar ou equiparadas1 ;

• Médicos, enfermeiros e outros cidadãos integrados em missões humanitárias, como tal reconhecidas pelo Governo Regional dos Açores1 ;

• Investigadores e bolseiros em instituições universitárias ou equiparadas, como tal reconhecidas pelo ministério competente;

• Estudantes de escolas superiores, ao abrigo de programas de intercâmbio;

• Membros integrantes de delegações oficiais do Estado e da Região Autónoma.

• Cidadãos eleitores cônjuges ou equiparados, parentes ou afins que vivam com os cidadãos eleitores aqui identificados.

 

COMO FAÇO PARA VOTAR ANTECIPADAMENTE? E QUANDO?

Entre os dias 13 e 15 de outubro, dirija-se às representações diplomáticas definidas pelo membro do Governo Regional com competência em matéria eleitoral em coordenação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros (e que pode consultar em http://www.cne.pt/sites/default/files/dl/eleicoes/2020_alraa/2020-alraa_locais-va-estrangeiro_infor-corepe.pdf) identifique-se (de preferência através do CC/BI) e indique o círculo eleitoral e a freguesia onde está recenseado.

Após votar, é-lhe entregue um documento comprovativo.

 

SAIBA ONDE ESTÁ RECENSEADO:

No estrangeiro:

• Na Internet: www.recenseamento.mai.gov.pt

No território nacional:

• Na Internet: www.recenseamento.mai.gov.pt

• Através de SMS (gratuito) para 3838, com a mensagem RE (espaço) número de BI/CC (espaço) data de nascimento=aaaammdd Ex: RE 72386718 19820803

• Na Junta de Freguesia do seu local de residência.

 

 

1 Se o Ministério dos Negócios Estrangeiros reconhecer a impossibilidade da deslocação destes eleitores às representações diplomáticas, designa um funcionário diplomático, que procede à recolha da correspondência eleitoral.

  • Partilhe